Seja bem-vindo em nosso Site. É um prazer tê-lo conosco!
     IMPOSTO SINDICAL 2018   Atenção!!!!      
           
           
   
CORREIO DO POVO 10 DE MARÇO DE 2018.
     
 

Resultado de imagem para figuras de pascoa coloridas

     
           
                 CORREIO DO POVO 24 DE FEVEREIRO DE 2018      
         
    CORREIO DO POVO, EM 24 DE FEVEREIRO DE 2018.      
   

C:\Users\Norberto1\AppData\Local\IM\Identities\{7ADF5D62-6A6B-49C1-A081-D036A6771391}\Message Store\Messages\1\{830D654F-18F7-4CC7-A5CC-F34951D3932F}\Attachments\AGE de 6 de março contrib sindical Vestuário arte.jpg

     
 
 
           
   

                                                                          

DESCONTO DE UM DIA

 

As empresas devem descontar 01 (um) dia do salário de todos os trabalhadores abrangidos pela presente CONVENÇÃO nos meses de JULHO DE 2017 e OUTUBRO DE 2017, recolhendo aos cofres do Sindicato dos Trabalhadores até o dia 05 (CINCO) DO MÊS SEGUINTE.                                                

Amparado na disposição contida no item “e” do artigo 513 da Consolidação das Leis do Trabalho, e por deliberação em Assembleia Geral, com a finalidade de custear as despesas da Negociação Coletiva, da confecção do Instrumento Normativo, sua manutenção e fiscalização do seu cumprimento, será descontado de todos os empregados das empresas integrantes do Sindicato Econômico, associados ou não ao Sindicato Profissional, o correspondente a 1 (um) dia da remuneração de cada empregado nos meses de: JULHO/2017, OUTUBRO/2017. O recolhimento de tal contribuição deverá ser realizado pelas empresas, até o  dia 05 (CINCO) do mês seguinte ao do desconto, em favor do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Porto Alegre/RS, por exclusiva responsabilidade desta Entidade.

O não recolhimento no prazo acarretará juros e correção monetária, e o seu não repasse ao Sindicato Profissional importará na tomada das medidas cabíveis, bem como a suspensão da assistência médica, odontológica e laboratoriais aos funcionários da empresa inadimplente. 

Ressaltamos que por força do §2º do art.583 de CLT e do art. 2º da Portaria nº 3.233 do MTb, de 29/12/83, as empresas estão obrigadas a encaminhar à entidade profissional a relação dos empregados contribuintes e a fotocópia do comprovante de depósito da contribuição sindical, no prazo de 15 dias.

Alertamos que a Lei 6.986/82, em seu art. 7º, eleva em 10 vezes os valores das multas estabelecidas no art. 600 da CLT. Assim, o não recolhimento da contribuição sindical no prazo legal, sujeita à empresa ao pagamento de 100% do valor.

 *As demais cláusulas permanecem inalteradas até a data de 30 de Junho de 2018*

A DIRETORIA

 
     
           
   
           
   

    

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 

Informamos a esta empresa que foi firmada com o SINDICATO DAS INDÚSTRIAS DO VESTUÁRIO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL-SIVERGS (Patronal), a CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2017/2018, com vigência a partir do mês de julho/2017.

Assim sendo transcrevemos o sumário das cláusulas.

 

4ª DO REAJUSTE SALARIAL

Preservada a data base de 01 de Julho, será concedido aos trabalhadores abrangidos por este instrumento, um reajustamento salarial de 3,56% (três vírgula cinquenta e seis por cento) sobre os salários de julho de 2017,

 Os reajustes constantes nesta cláusula aplicam-se somente para salários inferiores a R$ 3.478,20 (três mil quatrocentos e setenta e oito reais e vinte centavos). Os trabalhadores que já estejam recebendo salário de maior valor de que R$ 3.478,20 (três mil quatrocentos e setenta e oito reais e vinte centavos) ficam encarregados de negociarem seus reajustamentos, sobre o valor excedente, diretamente com o empregador.

Os empregados admitidos entre 01 de Julho de 2016 e 30 de Junho de 2017 terão como única garantia de reajuste em seus salários os critérios da tabela de proporcionalidade para escalonamento abaixo:

TABELA DE PROPORCIONALIDADE

 

MESES

TX. ACUMUL.

MESES

TX. ACUMUL

12 – Julho/16

3,56%

06 – Janeiro/17

1,76%

11- Agosto/16

3,26%

05 – Fevereiro/17

1,47%

10 – Setembro/16

2,96%

04 – Março/17

1,17%

09 – Outubro/16

2,66%

03 – Abril/17

0,88%

08 – Novembro/16

2,36%

02 – Maio/17

0,58%

07 – Dezembro/16

2,06%

01 – Junho/17

0,29%

 

5° DOS PISOS SALARIAIS

Os pisos salariais são expressos na tabela abaixo e passam a vigorar a partir de 1° de julho de 2017.

                                                             

CATEGORIA                                                   VALORES

 

Piso Salarial Normativo de Ingresso                                                             R$ 1.018,75

(empregados em contrato de experiência até 90 dias)

Piso Salarial Normativo para auxiliar de costura ( * )                                      R$ 1.018,75

Piso salarial Normativo Efetivo, para  empregados efetivados após os 90 (noventa ) dias de contrato de experiência.                                                                                                         R$ 1.084,10

Piso Salarial Normativo p/ Passador Prensa a Vapor                                           R$ 1.164,48

Piso Salarial Normativo p/ Passador a Ferro                                                        R$ 1.088,67

Piso Salarial Normativo p/ Office-Boy e Serventes (faxineiras)

=ART.7º – INCISO VII = DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL=

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   
 
          Circular Especial conjunta Esteio e Sapucaia do Sul
   
         Convenção Coletiva de Trabalho 2017/ 2018 Porto Alegre                         Convenção Coletiva 2017/2018 Esteio e Sapucaia do Sul
         Convenção Coletiva de Trabalho 2016/2017 Porto Alegre                          Convenção Coletiva 2016/2017 Esteio e Sapucaia do Sul
       Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016 Porto Alegre                          Convenção Coletiva 2015/2016 Esteio e Sapucaia do Sul
        Convenção Coletiva de Trabalho 2014/2015 Porto Alegre                          Convenção Coletiva 2014/2015 Esteio e Sapucaia do Sul
        Convenção Coletiva de Trabalho 2013/2014 Porto Alegre                          Convenção Coletiva 2013/2014 Esteio e Sapucaia do Sul
        Convenção Coletiva de Trabalho 2012/2013 Porto Alegre                          Convenção Coletiva 2012/2013 Esteio e Sapucaia do Sul
       

 

    

                                                                                                                                                                                                                                                                                    Marta Lopes Magnus - WebMaster
                                                                                                                                                                                                                                                                       Atualizado em: 29/03/2018